Ex.:

Não existem apenas espinhos!
Não existem apenas espinhos!

Foi tu quem criou…
Agora aguenta!

Não adianta fingir, muito menos fazer de conta que não te pertence ou empurrar toda a culpa para nossa sociedade louca.
*** Se gerou um filho neste mundo, então pelo menos eduque-o.

“Não sei mais o que fazer com ele!” (…?…)
(Se tu não souber o que fazer com o seu filho, os amigos com certeza saberão! E aí…)

* Um princípio é básico: – Crianças seguem exemplos !
> Como você espera que seu filho não grite, se você vive gritando? Que coma frutas e vegetais, se você mesmo acha muito melhor um doce cheio de açúcar? Que respeite os outros, se o que ele mais vê é você falando mal de todos? Que siga ordens por ser o correto, se ele sempre é convencido na base da chantagem? E, se você não tem nenhum tempo para ele… O que espera?
> E assim caminha a Lei da Imitação! (Porém, não ter responsabilidade e achar um culpado sempre é bem mais fácil!)

* Sei que nem tudo é tão simples assim… Mas um bom exemplo é tudo!
-Desculpas e culpas, não darão a uma criança a educação que ela precisa. Não adianta tentar!
Ah! E, fadinha da conversão instantânea não existe!!!

***Você colhe o que planta! E isto é tudo! (Afff!)

Ps.: Mas…Nunca é tarde para começar!
(Mas neste caso, é melhor que comece desde pequeno!)

One thought on “Ex.:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>